O Territorio imaterial do campesinato

Munir Jorge Felício
domingo 16 de maio de 2010 por LRAN

Doutorando em Geografia e pesquisador do Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária – NERA – Depto de Geografia – FCT/UNESP campus de Presidente Prudente

Por la vida, la tierra, el territorio y la soberanía de nuestros pueblos
Globalicemos la lucha, globalicemos la esperanza
Coordinadora Latinoamericana de Organizaciones del Campo (cloc-via campesina),
Guira de Melena (cuba, 29 de abril de 2009)

INTRODUÇÃO

Essa epígrafe é parte constituinte do território imaterial do campesinato por conter,
resumidamente, as concepções do ideário de luta do movimento camponês. Ele evoca a vivência
da luta pela vida, pela terra, pelo território e pela soberania de nossos povos. Pudemos vivenciar
esse ideário no decorrer do trabalho de campo efetuado no Território Cantuquiriguaçu.

Nosso
objetivo neste texto é reunir as contribuições que, a partir das experiências e reflexões, ampliem a
compreensão do território imaterial do campesinato. O texto está dividido em três partes: a
primeira trata dos discursos como a matéria prima do território imaterial, a segunda traça paralelo
entre o território imaterial e os paradigmas da questão agrária e a terceira discute o território
imaterial do campesinato.

O Território Cantuquiriguaçu reúne vinte municípios das mesorregiões
geográficas Centro-Sul e Oeste do Estado do Paraná. A nossa convivência com os seus
participantes durante um ciclo de debates e durante as visitas ao assentamento Ireno Alves dos
Santos, ao Colégio Iraci Salete Strozake e a uma propriedade cuja família é integrante do
Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) proporcionaram compreensões que não seriam
possíveis apenas no ambiente de sala de aula. A troca do campus universitário pelo território
camponês pode, na medida do possível, diminuir a distância entre teoria e prática e, com isso
propiciou também comparar o discurso acadêmico sobre o campesinato com o discurso do
campesinato.

Os discursos acadêmicos sobre o campesinato constituem a matéria prima de
vários territórios imateriais que se desenvolvem nos grupos de pesquisas para entender e explicar
o campo.

Descargar


titre documents joints

4artigodomes_2010

16 de maio de 2010
info document : PDF
137.8 KB

PDF 137KB


Página inicial | Contato | Mapa do site | | icone statistiques visites | info visites 953911

Acompanhar a vida do site pt_br  Acompanhar a vida do site AÇÃO TERRA  Acompanhar a vida do site Reforma Agrária   ?

Site realizado com SPIP 3.0.20 + AHUNTSIC

Creative Commons License