Reflexão a favor dos camponeses

Na sombra da imaginação

Horacio Martins de Carvalho, Curitiba, abril de 2010
sexta-feira 14 de maio de 2010 por LRAN

A razão camponesa

Tenho procurado compreender os camponeses contemporâneos no Brasil apoiando-me num referencial que considera como camponesas aquelas famílias que tendo acesso à terra e aos recursos naturais que esta suporta resolvem seus problemas reprodutivos a partir da produção rural --- extrativista, agrícola e não-agrícola --- desenvolvida de tal modo que não se diferencia o universo dos que decidem sobre a alocação do trabalho dos que sobrevivem com o resultado dessa alocação. Essas famílias, no decorrer de suas vidas e nas interações sociais que estabelecem, desenvolvem hábitos de consumo e de trabalho, e formas diferenciadas de apropriação da natureza, que lhes caracteriza especificidades no modo de ser e de viver no âmbito complexo das sociedades capitalistas contemporâneas.

Como corolário dessa conceituação de camponeses contemporâneos, eu pressuponho, em tese, a presença exclusiva nos processos de trabalho da força de trabalho familiar, esta potencializada através do desenvolvimento das forças produtivas (meios de trabalho, convivência com a natureza e cooperação), no sentido de uma intensificação baseada no trabalho que permita aos camponeses alcançarem, com maiores ou menores restrições, o que denomino de autonomia relativa camponesa perante o capital. Isso não quer significar um retorno à economia de subsistência, nem seu isolamento perante os mercados.

Ao contrário, com o crescente avanço dos conhecimentos científicos relacionados com a geração de procedimentos e produtos no âmbito de uma relação homem-natureza baseados nos pressupostos da agroecológica, e daqueles sistematizados a partir das práticas camponesas, seriam plenamente dispensáveis os insumos de origem industrial, em particular aqueles que configuram a artificialização da agricultura

Como historicamente determina a expansão do capital objetivando tornar a produção agropecuária e florestal num ramo da indústria., seja esta através dos agrotóxicos, herbicidas e fertilizantes de origem industrial seja das sementes transgênicas, dos hormônios e similares, entre tantas inovações de interesse do agronegócio e contra a vida.

Descarga


titre documents joints

na-sombra-da-imaginacao

14 de maio de 2010
info document : RTF
67.9 KB

RTF 67KB


Página inicial | Contato | Mapa do site | | icone statistiques visites | info visites 953911

Acompanhar a vida do site pt_br  Acompanhar a vida do site AÇÃO TERRA  Acompanhar a vida do site Reforma Agrária   ?

Site realizado com SPIP 3.0.20 + AHUNTSIC

Creative Commons License