Soberania alimentar e sobrevivência sustentável na China

Lau Kin Chi
terça-feira 21 de julho de 2009 por LRAN

Pesquisadora e professora da Universidade de Honk Kong
Honk Kong, maio de 2009
(Tradução de Ana Amorim, São Paulo e adequação da terminologia por João Pedro Stedile)

Em 2007 e começo de 2008 a crise global de alimentos e a inflação afetaram a maior parte dos países do mundo em diferentes níveis de gravidade. A China, mesmo sendo um país auto-suficiente na produção de grãos, não ficou imune ao problema da segurança alimentar no que toca a sobrevivência do povo.

Em 2007 a China produziu 501.5 milhões de toneladas de grãos, atingindo 95% da marca de auto-suficiência em segurança alimentar, estabelecida pelo estado em 1996. Foram importados 22.45 milhões de toneladas de grãos, constituindo-se 4,29% do consumo doméstico da China. Cerca de 60% dos grãos da China são produzidos por 200 milhões de pequenos agricultores que são auto-suficientes no consumo de grãos, mas a produção per capita tem decrescido constantemente, de 412 kg em 1996 para 378 kg em 2006. Depois de 2002 quando os preços dos grãos começaram a ser determinados pelo mercado, as flutuações no preço dos grãos (transformados em commodities) afetaram 40% da população urbana.

O IPC (o índice de preços ao consumidor)em 2007 subiu 4.8%, e os preços dos alimentos subiram 12.3%. Com o aumento dos problemas causados pela alta dos preços da carne de porco e do óleo de cozinha, o estado foi pressionado a recorrer a medidas de controle do suprimento. Em 1 de janeiro de 2008, a China estabeleceu tarifas para a exportação de alimentos na tentativa de desestimular as exportações e aumentar a oferta interna. O estado também tentou regular os preços através de políticas de estocagem de grãos.

Enquanto o estado mantinha o estoque de 40a50 milhões de toneladas arroz e 150a200 milhões de toneladas de grãos no total, de 2007 até o início de 2008, para poder eliminar a inflação, o estado liberou no mercado 1.5 milhões de toneladas de milho, 450.000 toneladas de óleo de cozinha, e 70 milhões de toneladas de trigo e arroz. Mas a capacidade do estado Chinês em tais esforços regulatórios está cada vez mais comprometida.

Descarga Artigo


titre documents joints

RTF 40KB

21 de julho de 2009
info document : RTF
41 KB

Página inicial | Contato | Mapa do site | | icone statistiques visites | info visites 953911

Acompanhar a vida do site pt_br  Acompanhar a vida do site AÇÃO TERRA  Acompanhar a vida do site Reforma Agrária   ?

Site realizado com SPIP 3.0.20 + AHUNTSIC

Creative Commons License